---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Macacos encontrados mortos aumenta alerta em Braço do Trombudo contra Febre Amarela

Publicado em 30/09/2019 às 13:40 - Atualizado em 30/09/2019 às 13:40

Nos últimos dias a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Braço do Trombudo intensificou a divulgação da campanha de vacinação contra a Febre Amarela. O motivo foi a confirmação da morte de dois macacos na semana passada, nas localidades Águas Sulfurosas e Ribeirão Concórdia. Os exames ainda não comprovaram, mas, a causa da morte de um dos animais pode ter sido a Febre Amarela. Para o morador do município que ainda não recebeu a vacina basta procurar os postos de Saúde, no Centro e na localidade Serril. Aqueles que já tomaram não precisam receber uma segunda dose.

“Precisamos agradecer os moradores que agiram rápido e nos avisaram da morte dos macacos. Já tomamos as medidas necessárias com a vigilância epidemiológica e aproveito para reforçar o pedido que é muito importante. Para aquele que mora na cidade e nunca tomou a vacina, por favor, não deixe pra depois, tome logo a vacina”, destacou o prefeito de Braço do Trombudo, Nildo Colorido. 

O primeiro macaco foi encontrado morto na localidade Águas Sulfurosas, no dia 22 (domingo). Um morador da região avistou o animal e o caso foi levado até a Regional de Saúde, que acionou o biólogo responsável pela área de assistência. Mas, devido ao estado do animal não foi possível coletar as vísceras para iniciar uma análise. 

Dois dias depois (24, terça) um outro macaco foi encontrado morto na localidade Ribeirão Concórdia. Desta vez foi possível a retirada das vísceras e dar início ao processo de análise laboratorial. O objetivo agora é saber se o animal morreu por causa da Febre Amarela.

“Assim que recebemos as informações das mortes dos macacos nós já fomos até as localidades para aplicar a vacina naquelas pessoas que ainda não tinham tomado. Também queria reforçar o apelo para aqueles que ainda não tomaram a vacina. Ainda não temos a confirmação de que um dos macacos tenha morrido por causa da Febre Amarela, mas, o mais importante neste momento é a prevenção”, explicou uma das responsáveis pela vigilância epidemiológica do município, a enfermeira Marcia Vermoehlen Felipe.    

O morador do município de Braço do Trombudo que encontrar algum outro macaco morto tem dois números para manter contato e informar a ocorrência: (47) 3547-0481 ou 99936-9091. A Febre Amarela é uma doença infecciosa febril aguda, que pode levar à morte em cerca de uma semana se não for tratada rapidamente. Em ambiente silvestre, os mosquitos (pernilongo) dos gêneros Haemagogus e Sabethes transmitem o vírus. Os casos humanos ocorrem quando uma pessoa não vacinada entra em contato ou mora próximo às matas e é picada por um mosquito contaminado.

É importante lembrar que os macacos não transmitem a febre amarela. Eles são importantes sentinelas para alerta em regiões onde o vírus da Febre Amarela está circulando. Macacos mortos são analisados em exames específicos para detectar se a causa morte foi Febre Amarela, o que aciona o alerta de cuidado com as pessoas.